22 de outubro de 2015 às 09:45h

MPPE instaura inquérito para apurar contratações irregulares na Prefeitura de Caruaru

 
O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) instaurou inquérito para apurar irregularidades em contratações temporárias na Prefeitura de Caruaru, Agreste do Estado. A portaria foi divulgada na última terça-feira (20) no Diário Oficial do MPPE. Segundo o documento, os autos do processo “demonstram a existência de elevado número de servidores públicos com contratos temporários, extrapolando o número de vagas ofertadas no concurso público”.
 
O MPPE solicita que a prefeitura forneça informações sobre a quantidade de servidores públicos efetivos, comissionados e temporários do município. Além disso, a administração deve justificar legalmente as “possíveis renovações contratuais, especialmente quanto à declaração de excepcionalidade em caso de contratações temporárias posteriores à homologação dos certames que visavam provimento aos cargos vagos criados pela Lei Municipal 5.174/12”.
 
Em nota, a assessoria de imprensa da Secretaria de Administração e Gestão de Pessoas informou que “a prefeitura ainda não foi oficialmente notificada, assim que for, prestará ao Ministério Público os esclarecimentos devidos”.
 


Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.