8 de julho de 2014 às 08:38h

Mulheres que acharam bebê em Cumaru são mãe e prima da criança, afirma delegada

Do NE10 Interior
Núcleo SJCC/Caruaru
 
As mulheres que teriam encontrado um bebê abandonado no Mercado Público de Cumaru, no Agreste de Pernambuco, são mãe e prima do recém-nascido, de acordo com a delegada Maria Betânia, responsável pelo caso. A mãe e prima do recém-nascido foram intimadas a prestar explicar onde teriam encontrado o bebê e foram reconhecidas pela delegada. No depoimento, elas confessaram ter inventado o caso e foram liberadas. O bebê permanece no Conselho Tutelar do município.
 
Ainda segundo a delegada, a suspeita de abandonar o bebê, Bruna Rafaela Santos Amâncio de Melo, de 24 anos, havia procurado a delegacia há três meses informando que teria sido abusada sexualmente e pedindo autorização para realizar um aborto. A delegada informou que a autorização não foi concedida porque a gestação já estava avançada, fora do período legal para a permissão. A delegada informou ainda que a mulher teve o bebê com a ajuda da avó e no dia seguinte afirmou ter encontrando-o no mercado público.
 
CASO – Uma criança recém-nascida foi encontrada dentro de um banheiro do Mercado Público de Cumaru, no Agreste pernambucano, no sábado (5). A notícia foi publicada em um blog do município e a informação foi confirmada pela Polícia Militar.
 
Um senhor passava próximo ao local e ouviu o choro da criança. Imediatamente, ele pediu a ajuda de uma mulher, para que entrasse no banheiro feminino para averiguar. O menino estava sujo de sangue e com o cordão umbilical enrolado em seu corpo quando foi encontrado por duas mulheres. Elas chamaram a polícia e o bebê foi levado a Unidade Mista de Saúde Santa Terezinha, onde permanece sob responsabilidade da Justiça e do Conselho Tutelar.
 
De acordo com funcionários da unidade de saúde, a criança está bem e não está sendo submetido a tratamentos, mas a delegada responsável pelo caso, Maria Betânia, determinou a proibição de visitas ao menor. Devido ao clima de Copa do Mundo, o menino está sendo chamado de David Luiz.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.