18 de dezembro de 2014 às 15:43h

No apagar das luzes: aumento de salário para senadores e deputados

Foto: André Corrêa/Agência Senado

Foto: André Corrêa/Agência Senado


 
Senadores, deputados, ministros do Supremo Tribunal Federal e o procurador-geral da República terão aumento salarial e passarão a receber R$ 33.763 por mês. O aumento foi liberado após votação, ontem (17), na Câmara dos Deputados e no Senado.
 
E como o dinheiro é público, a Presidente da República, Dilma Rousseff, assim como o vice-presidente, Michel Temer, e ministros de Estado, também ganharão mais a partir de 2015. Estes tiveram aumento de 15,76% e passarão a contar R$ 30.934 70 mensais – o salário atual é de R$ 26.723 13.
 
Há uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para que os salários dos congressistas aumentem automaticamente sempre que os vencimentos dos ministros do Supremo sejam modificados. O que já ocorre desde de 2011.
 
Os novos salários causarão um impacto de, no mínimo, R$ 553,2 milhões no orçamento da União para 2015 – não contando com o aumento dos demais servidores públicos. E poderia ser pior, já que a solicitação dos ministros do Supremo era que os salários chegassem a R$ 35.919,05.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.