12 de julho de 2016 às 09:35h

No Sertão, Lula diz que pode ser candidato em 2018

Lula Petrolina
 
Nesta segunda-feira (11), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva esteve em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, para participar de ato contra o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.
 
Lula aproveitou o evento para criticar a oposição e informar que poderá disputar a eleição de 2018. “Para quem sobreviveu ao Sertão, não morreu de sede e nem de fome, não vai ser agora que vão me tirar do jogo. Se eles quiserem reduzir os direitos do povo brasileiro a pó, eu digo: não me provoquem porque eu posso voltar e ser candidato em 2018”, garantiu.
 
O ex-presidente disse ainda acreditar que é possível barrar o impeachment da presidente Dilma no Senado. “Estamos empenhados em tentar convencer senadores a votar contra o impeachment. Precisamos convencer seis”, afirmou.
Nesta terça-feira (12), às 16h, Lula vai à plenária do Conselho Deliberativo da Fetape, em Carpina, Zona da Mata. Na quarta (13), ele visitará Caruaru, onde participa de um evento em prol de Dilma e almoço no assentamento Normandia. A agenda, em Pernambuco, termina no Recife, com ato no Recife Antigo.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.