4 de setembro de 2014 às 08:24h

Nova Pesquisa DataFolha: Armando e Paulo Câmara estão empatados

1111-montagem--624x312
 
Do Blog de Jamildo
 
Foi divulgada na manhã desta quinta-feira (04) a nova pesquisa realizada pelo Instituto DataFolha com as intenções de voto para governador de Pernambuco. Armando Monteiro (PTB) e Paulo Câmara (PSB) aparecem empatados.
 
O novo levantamento do DataFolha mostrou um crescimento de 23% de Paulo Câmara que, na última pesquisa do instituto, divulgada no dia 15 de agosto, aparecia com 13% e agora aparece com 36% das intenções de voto do eleitorado pernambucano. Armando Monteiro (PTB) tinha 47% e agora aparece tecnicamente empatado com o socialista, pontuando os mesmos 36%. Zé Gomes (PSOL) tinha 2% e no novo levantamento tem 1%.
 
Pantaleão (PCO) e Miguel Anacleto (PCB) aparecem com 1% cada. Jair Pedro (PSTU) não pontuou. Brancos e nulos somavam 15% na primeira pesquisa e agora são 9%. 19% não sabem, ou não opinaram na primeira pesquisa e agora são 17%.
 
A margem de erro da pesquisa é de 3% para mais ou para menos e o nível de confiança na pesquisa é de 95%.
 
Segundo turno:
 
O DataFolha também fez uma simulação de segundo turno entre os candidatos melhor posicionados. Neste cenário, Paulo Câmara tem 40% e Armando 39%. Brancos e nulos são 8%; Não sabem ou não opinaram 13%.
 
Índice de rejeição:
 
A pesquisa também fez um levantamento do índice de rejeição dos candidatos, ou seja,, aqueles em que o eleitor não votaria de jeito nenhum. Acompanhe os números:
 
Zé Gomes: 28%, Pantaleão: 27%, Jair Pedro: 23%, Miguel Anacleto: 19%, Armando Monteiro: 15%, Paulo Câmara: 12%, não rejeitariam nenhum candidato: 7%, 24% não responderam.
 
A pesquisa foi encomendada pelo jornal Folha de São Paulo e pela TV Globo. Foram entrevistados 1.185 eleitores de 43 municípios do estado entre os dias 2 e 3 de setembro.
 
A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) com o número 00021/2014, e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 00517/2014.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.