4 de Maio de 2015 às 15:07h

Obras de navegabilidade do Rio Capibaribe estão paradas

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)


 
Lançado em 2012, com previsão de entrega para dezembro de 2014, o projeto de navegabilidade do Rio Capibaribe, no Recife (PE), está parado. A constatação é da bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE), que visitou nesta segunda-feira (04) as estações que integram a obra. De acordo com os parlamentares, apenas 25% da obra foi executada.
 
O projeto permitirá o transporte hidroviários de 300 mil pessoas por mês. E, apesar de ter os recursos federais disponíveis, o dinheiro não é utilizado por falhas no projeto de execução, de responsabilidade do governo do Estado. “As informações que temos da Caixa Econômica Federal é que dinheiro tem, mas o que acontece é que o Estado não está executando a obra do jeito que deveria. Há pendências técnicas. Então é importante o Governo do Estado explicar à população porque a obra está encalhada”, afirmou Silvio Costa Filho.
 
De acordo com a oposição, entre os pontos que precisam de ajustes estão a liberação das licenças ambientais pendentes e as desapropriações. O grupo visitou duas, das cinco estações de embarque e desembarque, previstas pelo projeto no Rio Capibaribe.
 
O projeto de Navegabilidade do Rio Capibaribe está orçado em R$ 289 milhões.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.