30 de novembro de 2015 às 16:33h

Oposição diz que governo do Estado boicotou debate sobre segurança

Para a bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), o governo do Estado está boicotando os debates sobre segurança. É que, apesar de ter sido convidado há cerca de quinze dias, a Secretaria de Defesa Social não enviou representante para o encontro, comunicando a impossibilidade de comparecimento do secretário Alessandro Carvalho, por ofício, 15 minutos antes do início da reunião. A audiência pública para debater o Pacto pela Vida ocorreu na manhã de hoje (30)
 
“Desde o início do ano estamos denunciando o crescimento desses números (de homicídios), mas o Governo vem evitando qualquer discussão. Estamos ainda em novembro, e já registramos 3.444 casos de assassinatos, mais do que em todo o ano passado. Nos últimos dois anos, os números da violência só fizeram aumentar”, declarou Silvio Costa Filho, líder da oposição.
 
De acordo com o presidente da Associação dos Delegados de Polícia de Pernambuco (Adeppe), Francisco Rodrigues, atualmente a única coisa que interessa à SDS são as metas das planilhas do Governo. “Essas metas estão sendo cumpridas com a prisão de vendedor de CD pirata, enquanto infelizmente morrem mais de 300 pessoas por mês em Pernambuco, mais que qualquer atentado terrorista na Europa”, destacou.
 
Costa Filho informou que apresentará novo requerimento para que o secretário de Defesa Social seja obrigado a comparecer à Alepe. “Se nada for feito, fecharemos o ano na casa de 4 mil homicídios e vamos recuar seis anos no combate à violência, voltando aos números de 2009”, reforçou.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.