21 de novembro de 2014 às 07:54h

Osiris Caldas faz balanço positivo de atuação da secretaria de Micro e Pequenas Empresas

osiris-caldas-alepe-580
 
Do Blog de Jamildo
 
Quando assumiu o Governo de Pernambuco em abril, o governador João Lyra Neto (PSB) incluiu três novas metas prioritárias no Estado que seriam o legado de sua gestão à frente do Palácio do Campo das Princesas. Duas delas, fortalecer as pequenas empresas e interiorizar o conhecimento, ficaram sob responsabilidade da nova Secretaria Estadual de Micro e Pequenas Empresas, que passou a ser chefiada por Osíris Caldas, presidente licenciado da Associação Comercial de Caruaru. Com pouco tempo para atuação e apenas duas entregas realizadas, o secretário fez um balanço positivo da atuação da pasta nesta quinta-feira (20), na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).
 
Depois de passar por aprovação na Assembleia, a Secretaria de Micro e Pequenas Empresas só foi formalizada no dia 26 de maio, mas só iniciou os trabalhos em julho, segundo o secretário. Nesses cinco meses, a pasta fez diversos encontros com o setor, que devem se transformar em projetos a serem implementados pelo Estado. O fórum das micro e pequenas empresas também foi fortalecido.
 
As principais vitrines são os Expressos Empreendedor, unidades criadas para diminuir a burocracia na liberação de crédito e na formalização de empresas. O governo também usa o espaço para fornecer curso para pequenos e médios empreendedores. “É uma coisa que simboliza. Você fica com uma coisa tangível”, diz o secretário.
 
Duas unidades do Expresso Empreendedor já foram inauguradas pelo Governo do Estado, no Recife, no RioMar Shopping, e em Caruaru, no Agreste, que funciona no prédio da Associação Comercial. Uma terceira unidade deve ser inaugurada em Petrolina, no Sertão, até o final do ano. Ela ficará no Centro de Convenções, no local onde funciona a Agência do Trabalho.
 
Em parceria com a Secretaria de Ciência e Tecnologia, a Pasta também organiza a instalação dos Armazéns da Criatividade, também em Caruaru e Petrolina. Os equipamentos são aceleradora de empreendimentos inovadores, que funcionam em parceria com o Porto Digital, e a proposta é que possam interiorizar esse desenvolvimento científico.
 
De acordo com Osíris Caldas, as obras dos armazéns devem começar em dezembro. Em Petrolina, o Estado está apenas fechando o terreno. “Com certeza, em 2015, os dois operam. É um projeto para cinco anos, como eu falei na apresentação. Mas no primeiro semestre de 2015, os dois já começam a operar”, explica.
 
“São ações para esses nove meses que eu considero as mais importantes, dentro desse processo de construção. Acredito que nos próximos anos, com mais possibilidades de tempo, de informação, de conhecimento do Legislativo, do Executivo e do Judiciário, a gente possa trazer para os micro e pequenos empresários condições melhores para que ele possa se formalizar, para que ele possa melhorar sua gestão”, diz o secretário.
 
“Sinceramente, eu acho que foi um sucesso. Em oito meses a gente estar aqui, já prestando conta de tudo o que foi apresentado, eu acho que foi maravilhoso”, avalia. A apresentação também apontou ações que podem ser ampliadas, como a instalação de novos Expressos. A principal, é a criação de fóruns municipais e regionais de micro e pequenas empresas pelo Estado.
 
Para tocar a área prioritária, a Secretaria tinha um orçamento de R$ 9,7 milhões. A maior parte do dinheiro, porém, era destinado à Agência de Fomento do Estado de Pernambuco (Agefepe), que engloba R$ 6,5 milhões da Pasta. Sobraram pouco mais de R$ 3 milhões para custeio e investimentos. “A Secretaria é enxuta, a gente não faz obras”, lembra Osíris.
 
“O legado da secretaria é ter sido constituída neste ano. E, digamos assim, deixar para as próximas gestões, para as próximas gerações de pernambucanos, para os novos empreendedores, algo estruturado. É muito difícil você ter o Brasil como nós tínhamos, onde o Sebrae faz o papel. E o governo? E o Estado? E o poder público? Hoje, não. Em Pernambuco, isso foi criado e está estruturado”, defende o secretário.
 
A apresentação desta quinta foi realizada a pedido da deputada estadual Raquel Lyra (PSB), filha do governador João Lyra Neto.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.