24 de julho de 2014 às 20:20h

Oswaldo Moraes, sobre declarações de advogado: “Quem não deve, não teme”

O Blog de Igor Maciel conversou, na noite desta quinta-feira, por telefone, com o chefe da Polícia Civil no Estado, Oswaldo Moraes. Ele afirmou que o advogado Emerson Leônidas não precisa temer a intimação, caso não tenha feito nada de errado. “Qualquer cidadão tem que ser responsabilizado por aquilo que fala de outra pessoa e qualquer cidadão, seja ele médico, advogado ou policial pode ser intimado caso se ache necessário”, declarou.
 
A intimação pode ter acontecido após o registro de um boletim de ocorrência por calúnia e difamação, feito por um membro da Polícia Civil. O nome citado pelo advogado nas entrevistas foi o do delegado Erick Lessa, de quem Leônidas chegou a dizer que “o trabalho era horrível” durante uma coletiva realizada em Caruaru. Oswaldo não confirma se o autor da denúncia é o delegado, mas diz que qualquer um pode se ofender. “A autoridade policial também pode se sentir ofendida quando a sua atuação é questionada de maneira depreciativa”, disse.
 
O chefe da Polícia Civil informou ainda que vai nomear um delegado de fora da região para conduzir o inquérito.
 


Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.