9 de abril de 2014 às 08:50h

PDT pode resolver questão local nesta quarta-feira

armando monteiro neto Do JC desta quarta-feira (9)
 
Presidentes de diretórios estaduais e a bancada federal do PDT se reúnem hoje em Brasília com a Executiva Nacional do partido. Na pauta: conjuntura política para a eleição deste ano. Mesmo que a chamada para o encontro trate os quadros eleitorais dos Estados de forma genérica, a “questão” de Pernambuco pode finalmente se definir. Embora as principais lideranças do partido no Estado não abram mão do apoio ao pré-candidato do PSB ao governo, Paulo Câmara, o senador Armando Monteiro (PTB), adversário na corrida pelo Palácio do Campo das Princesas, está confiante na costura “feita por cima” com o presidente nacional, Carlos Lupi. Internamente, o partido vive um clima de que “tudo pode acontecer”.
 
O secretário-geral do Diretório do Recife, Wellington Batista, disse que tem conversado com o presidente estadual, José Queiroz, e “está confiante” de que a Nacional vai “ouvir” a vontade da maioria do PDT no Estado, de apoio ao PSB. “Cerca de 90% do partido quer continuar na base do governo e apoiar Paulo Câmara”, disse Batista, que ocupa uma secretaria executiva na Prefeitura do Recife. Não quis polemizar quando questionado se seria uma imposição caso a Nacional decidisse pelo apoio a Armando Monteiro. Mesmo sem posição oficial, o prefeito de Caruaru, José Queiroz, e o deputado estadual Guilherme Uchôa têm aparecido nos eventos políticos de Câmara, pré-candidatura que defendem publicamente.
 
O petebista está apostando na aliança com o PT – partido ao qual o PDT é aliado nacionalmente e que deve ser uma das principais forças para reeleição da presidente Dilma Rousseff – para replicar o apoio aqui no Estado. Tem tratado isso às claras, tendo, inclusive, oferecido a vice ao partido. Especulado para a vaga, o deputado federal Paulo Rubem (PDT), que também vai participar da reunião, é defensor de que o partido suba no palanque de Armando. Procurado pelo JC, preferiu a cautela e disse que só iria falar após a reunião.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.