13 de Maio de 2015 às 08:21h

Pedro Corrêa diz que indicação de Paulo Roberto Costa foi feita por Lula

Do Blog de Jamildo
 
Quebrando o posicionamento inicial de manter-se calado, o ex-deputado federal Pedro Corrêa mencionou, já nas declarações finais à CPI da Petrobras, que a indicação do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa havia sido feita pelo ex-presidente Lula.
 
Segundo Corrêa, ele ouviu do ex-deputado federal José Janene (PP), falecido em 2010, que a indicação partiu do petista.
 
“Lula convidou o Paulo Roberto Costa para ser diretor de Abastecimento. Ele era engenheiro da Petrobras, mais ou menos há 30 anos, era funcionário da área e tinha trabalhado em diversos setores da área da Petrobras. A notícia que chegou para a gente é que ele foi nomeado pelo seu conhecimento e pelo seu conhecimento administrativo”, disse Pedro Corrêa.
 
Segundo o ex-deputado, que teve o mandato cassado em 2006, ele apoiou a nomeação de Paulo Roberto Costa para a empresa TBG, “e depois ele se credenciou para ir para a Petrobras”, acrescentou Corrêa.
 
“O presidente Lula nomeou Paulo Roberto Costa por pressão do PP?”, perguntou o deputado Izalci (PSDB-DF). “Quem nomeia é o Conselho Administrativo da Petrobras. O governo só indica”, respondeu Corrêa.
 
Pedro Corrêa cumpria pena de 7 anos de prisão, em decorrência do processo do mensalão, na Penitenciária de Canhotinho, no Agreste de Pernambuco, e foi transferido para Curitiba há um mês, junto com os também ex-deputados Luiz Argolo e André Vargas – também ouvidos nesta terça pela CPI.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.