22 de maio de 2014 às 16:11h

Polícia Civil responde advogados de vereadores

Confira a nota:
 
Em razão das últimas notícias veiculadas pela Imprensa sobre a ilegalidade das escutas ambientais que contribuíram para o indiciamento de Vereadores de Caruaru acusados dos crimes de concussão e de integrar organização criminosa além de corrupções passiva e ativa, a Polícia Civil de Pernambuco esclarece que as Operações Ponto Final I e II – que culminou com a descoberta do esquema criminoso – foram o resultado de um trabalho integrado com o Poder Judiciário e o Ministério Público.
 
O trabalho foi pautado em elevados valores éticos e profissionais dentro da mais estrita legalidade, que fundamentou a denúncia de todos os Vereadores assim como a decretação de suas prisões preventivas e ainda seus afastamentos cautelares dos cargos que ocupavam.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.