2 de dezembro de 2013 às 11:08h

Prefeito de Agrestina é cassado pela terceira vez

O juiz Marupijara Ramos, da comarca de Agrestina cassou, pela terceira vez, o diploma do prefeito Thiago Nunes (PDT) e do vice-prefeito Josué Mendes (PTB). Os gestores são acusados de ter cometido diversas irregularidades ao longo do último pleito municipal, entre elas, de utilizar-se da máquina pública para influenciar no resultado das eleições do ano passado.
 
Thiago Nunes enfrenta atualmente duas condenações em fase de recurso no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) por abuso do poder econômico. Caso a Justiça Eleitoral se posicione favoravelmente à cassação, Thiago e Josué podem perder seus mandatos e ser enquadrados na Lei da Ficha Limpa.
 
Do Blog do Magno Martins

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.