2 de setembro de 2014 às 11:04h

Prefeito de Cumaru não acredita em crime político

O prefeito de Cumaru, no Agreste, conversou agora há pouco comigo no programa Além da Notícia, da Rádio Jornal em Caruaru. Foi a primeira vez que o prefeito se pronunciou sobre o assassinato do colega, Marco de Neca, de 49 anos.
 
Eduardo Gonçalves (PSD) afirmou que não consegue imaginar nenhuma motivação para o crime e descartou a possibilidade de motivação política. “Marco era querido por todos os grupos políticos. Transitava bem em todos os meios”, disse.
 
Um crime passional também foi colocado como pouco provável. “Ele não tinha problema com ninguém. É difícil saber o que aconteceu”, afirmou o prefeito.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.