14 de outubro de 2015 às 08:56h

Professora admite que deu suco com tranquilizante para alunos

 
Do site da TV Jornal
 
Prestou depoimento, na tarde desta terça-feira (13), a professora suspeita de dopar estudantes na Escola Municipal Nilza Leite Avelino, em Sanharó, no Agreste do Estado. A mulher, que não teve a identidade revelada, confessou que levou um suco com tranquilizantes para a sala de aula, mas disse que seria para consumo próprio.
 
Ainda em depoimento, a professora disse que as crianças teriam pedido um pouco da bebida e que ele não lembrou que o suco estava com o tranquilizantes e acabou dando aos alunos. Ela diz que tem problemas psicológicos e faz uso do ansiolítico clonazepam, popularmente conhecido como Rivotril. A polícia vai investigar esta versão. Outros funcionários da escola ainda serão ouvidos. Exames periciais feitos nas vítimas devem ter os resultados concluídos até o final da semana.
 
Entenda o caso
 
Nove crianças, com idades entre quatro e sete anos, passaram mal após ingerir a bebida oferecida pela professora e foram socorridas à Unidade Mista João XXIII na última terça-feira (6). As crianças apresentavam sinais de sonolência e tontura. Todos os alunos já receberam alta. De acordo com o prefeito de Sanharó, Fernando Edier, a Secretaria Municipal de Educação abriu sindicância para investigar o caso e afastou temporariamente a professora.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.