5 de setembro de 2013 às 14:00h

Professores prometem ser o foco das atenções do Desfile Cívico de Caruaru

20130905-140250.jpg

Ainda em estado de greve, os Servidores Públicos da Rede Municipal de Ensino estiveram reunidos mais uma vez em Assembleia Geral Extraordinária convocada pelo SISMUC Regional , na manhã desta quinta-feira, 05, nas dependências da União Beneficente dos Artistas de Caruaru.

 

No encontro foram discutidos vários assuntos no que se referem aos últimos acontecimentos na Educação de Caruaru e também foram tratados os detalhes para a realização de um provável grande Ato Público pacífico e ordeiro a acontecer no desfile cívico do feriado deste sábado, data comemorativa dos 191 anos da Independência do Brasil.

 

O Presidente do SISMUC Regional, Eduardo Mendonça informou aos professores que estiveram participando da assembleia sobre o andamento das ações judiciais contra o executivo municipal. “Nosso departamento jurídico através das nossas advogadas estão nesta quinta-feira, em Recife para dar adiantamento aos processos, e em breve, teremos notícias, porém, a novidade fica por conta do nosso pedido de intervenção do município de Caruaru protocolado na última terça-feira, 03, na Vara da Fazenda do nosso município”, relatou Mendonça.

 

De acordo ainda com Eduardo Mendonça, o motivo que levou o SISMUC Regional, a entrar com esse pedido de intervenção no município, teve por embasamento as várias sentenças liminares não cumpridas pela prefeitura de Caruaru. “São vários os descumprimentos, a exemplo de multa diária aplicada pela Justiça por professor concursado e não nomeado. Porém, não efetivada porque entendemos que essa multa é paga com dinheiro público, em fim, muitas irregularidades constatadas na administração e que atingem diretamente a Educação local”, explicou Eduardo Mendonça.

 

“Quanto ao Ato Público do dia 07 de setembro, estaremos nos reunindo na manhã desta sexta feira na sede do sindicato juntamente com alguns camaradas para identificarmos as atividades a serem efetivadas durante este Ato”, declinou Carlos Amaral – CARLÃO – Secretário do Sindicato.

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.