21 de agosto de 2014 às 17:00h

Projeto de lei garante piso salarial a 744 agentes comunitários de saúde e endemias

Foto: Hercyo Albuquerque

Foto: Hercyo Albuquerque

O prefeito José Queiroz assinou na manhã desta quinta-feira (21) o projeto de lei que garante o pagamento do piso salarial nacional a 744 agentes de saúde e de endemias do município, que atualmente recebem R$ 871,00 e R$ 750,00, respectivamente. Com o projeto a ser aprovado pela Câmara Municipal, a categoria terá isonomia salarial e passará a ganhar R$ 1.014,00.
 
A assinatura ocorreu no Teatro João Lyra, ante mais de 500 servidores municipais, e contou com a presença do vice-prefeito Jorge Gomes; da Secretária de Saúde, Aparecida Souza; do Presidente da Câmara de Vereadores, Leonardo Chaves, do vereador Gilberto de Dora e da líder sindical Ana Régia, representante da categoria.
Queiroz lembrou que ,em seu governo, os agentes de endemias e agentes de saúde tiveram a implantação do Plano de Cargos e Carreiras, a efetivação da categoria, além do recebimento de novos fardamentos e equipamentos de proteção.
 
“Esse é mais um dos nossos encontros, pois eu sempre estive pronto para recebê-los em meu gabinete. Eu sei da importância do trabalho de todos. Não dá pra fazer a saúde sem vocês. Nenhum prefeito quis efetivar esta classe e eu efetivei e criei uma carreira. Isso será mais sentido na medida que os anos se passarem, com os reajustes de vencimentos de todos vocês. Haverá justiça. Todos terão aumento salarial por tempo de serviço.”, declarou José Queiroz.
 
O projeto de lei seguiu para Câmara Municipal e deverá ser votado na próxima semana. Os agentes de saúde e de endemias prometem acompanhar a tramitação da matéria e vão lotar as galerias quando da votação do texto.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.