9 de outubro de 2014 às 09:03h

Rede vetou Dilma e aprovou Aécio ou voto nulo

Em reunião que durou quase quatro horas, a Rede Sustentabilidade, embrião de partido político liderado por Marina Silva, decidiu na noite desta quarta-feira (8):
 
1) vetar a hipótese de apoio à candidatura de Dilma Rousseff;
 
2) liberar o apoio a Aécio Neves ou os votos nulo e branco no segundo turno da disputa presidencial.
 
Na véspera, a Executiva da Rede havia tomado uma decisão mais favorável a Aécio, uma vez que não previa as hipóteses de votar em branco ou anular o voto. Mas a manutenção do nome do candidato do PSDB no rol de alternativas da Rede libera Marina Silva para seguir esse caminho –de resto já referendado por PSB e PPS, os dois principais partidos da sua derrotada coligação.
 
Também nesta quarta, Marina reuniu-se com o grão-tucano Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente da República e presidente de honra do PSDB. O teor da conversa não foi revelado. Sabe-se apenas que foi Marina quem pediu a FHC que a recebesse em seu apartamento. A iniciativa foi interpretada como indício de que a ex-candidata contempla a sério a possibilidade de declarar apoio a Aécio.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.