11 de setembro de 2013 às 08:42h

Requerimento para audiência sobre porte de arma é aprovado em Caruaru

Vereador Gilberto de Dora foi o autor do requerimento

Vereador Gilberto de Dora foi o autor do requerimento


 
O requerimento do vereador Gilberto de Dora (PSB) que pede uma audiência pública para discutir o porte de arma para a Guarda Municipal foi aprovado por unanimidade na sessão desta terça-feira (10), na Câmara de Vereadores de Caruaru. A data ainda deve ser marcada pelo Presidente da Casa.
 
Muitos integrantes da Guarda concordam com o porte de arma. “Uma vez um rapaz foi baleado a vinte metros do local onde eu estava. Acredito que se minha equipe estivesse armada, o criminoso não teria a ousadia de tentar matar alguém na nossa presença”, relatou o guarda municipal Jackson Hermenegildo.
 
O colega de farda, Márcio Bezerra, lembra que antes de começarem a usar os equipamentos, os agentes passariam por treinamentos rigorosos. “A nossa capacitação ficaria por conta do Polícia Federal, que é o órgão responsável por isso” explica Márcio.
 
O requerimento do vereador foi feito com base na legislação vigente no Brasil. De acordo com o artigo 6º, capítulo III da Lei Federal 10.826 de 22 de Dezembro de 2003, pode ser concedido o porte de arma “aos integrantes das Guardas Municipais dos municípios com mais de 50 mil e menos de 500 mil habitantes, quando em serviço”.
 
Gilberto de Dora ressalta que no momento o importante é ouvir o que a população pensa. “Eu não estou sendo contra nem a favor do porte de armas para a guarda municipal. Como representante do povo, estou apenas fazendo minha obrigação que é ouvir a população e saber se ela concorda com a ideia” explicou o parlamentar.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.