18 de novembro de 2015 às 10:41h

Secretários de Turismo de PE questionam lei que envolve o setor

IV Encontro Astur Fotos:Adriano Monteiro

IV Encontro Astur Fotos:Adriano Monteiro


 
O IV Encontro da Associação dos Secretários e Dirigentes de Turismo de Pernambuco (Astur-PE), realizado nessa terça-feira (17), lançou um alerta sobre um projeto de lei (1058/2015), já aprovado na Câmara dos Deputados, que regulamenta e estabelece requisitos mínimos para a criação de estâncias.
 
Após a apresentação do município de Goiana, município anfitrião do Encontro, a Mesa Redonda, presidida por André Quirino e pelo gestor de Desenvolvimento Territorial do SEBRAE, Juvenal Valério, detalhou ponto a ponto o PL. Entre as exigências determinadas pelo Projeto de Lei, de autoria do deputado Herculano Passos, está a necessidade de possuir ar atmosférico de qualidade, enquanto por outro lado itens como infraestrutura gastronômica ou detalhes mais abrangentes para a garantia da qualidade da atividade turística sequer são citados.
 
Segundo informações nem os representantes da Empetur – Gil Marinho, ou da Secretaria de Turismo e Esportes de Pernambuco – Celso Amorim, foram informados oficialmente sobre o Projeto de Lei. “Nós não temos conhecimento sobre essa lei Isso não pode acontecer amanhã mesmo vamos entrar em contato com o Ministério do Turismo para ver o que pode ser feito”, atestou Gil Marinho. “Nos colocamos à disposição para articular um posicionamento enquanto o Governo do Estado sobre esse tema”, completou Celso Amorim.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.