3 de novembro de 2016 às 10:21h

Senado pede que ministro explique declaração que teria antecipado fase da Lava Jato

A Mesa da Casa aprovou requerimento que solicita informações do ministro de Justiça, Alexandre de Moraes, sobre pronunciamento no qual teria antecipado ao público a realização, pela Polícia Federal, da 35ª fase da Operação Lava Jato. Outros 20 requerimentos foram aprovados pela Mesa.
 
De acordo com o requerimento da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), o Ministro da Justiça teria sinalizado, em evento eleitoral realizado em Ribeirão Preto (SP) na noite do domingo 25 de setembro, durante conversa com integrantes do Movimento Brasil Livre (MBL), a ocorrência de uma nova etapa da Operação Lava Jato naquela semana.
 
Também foram aprovados dois requerimentos do senador José Medeiros (PSD-MT) que solicitam ao ministro da Justiça e ao ministro da Defesa, Raul Jungmann, dados sobre aquisição de produtos controlados (armas, coletes e munições), contratos de manutenção, falhas nesses materiais, devolução para recall e incidentes durante o uso dos equipamentos.
 
Na justificativa, Medeiros destaca que as armas, as munições e os coletes adquiridos pelos órgãos de segurança pública vêm apresentando defeitos preocupantes e faz referência a diversas situações em que policiais foram vítimas de defeito de suas armas e munições, todas de produção nacional, que, em alguns casos, resultaram em óbito.
 
A Mesa aprovou ainda requerimento que solicita ao ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, esclarecimentos sobre políticas públicas voltadas para a mitigação do efeito estufa, o uso da água para geração elétrica e o aumento da participação das fontes renováveis na matriz energética.
 
Da Agência Senado
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.