29 de outubro de 2015 às 11:22h

Tecnologias de Israel podem chegar ao ProRural

O Estado de Israel é exemplo e referência mundial em soluções inovadoras em tecnologias de água e é essa tecnologia que será conhecida e pode ser trazida pelo ProRural para Pernambuco, após visita do órgão ao País. O encontro começará no próximo dia 30 e terá duração de 10 dias.
 
Um convite do Banco Mundial ao ProRural, levará o secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota, e o diretor geral do Programa, Anselmo Pereira, para missão ao País do Oriente Médio. Junto com a delegação do Banco para Água e Agro-tecnologia, os representantes pernambucanos visitarão entidades e programas responsáveis pelo sucesso da política hídrica do País.
 
A estadia no País será intensa e começará pela visita ao órgão governamental que promove a investigação e desenvolvimento industrial em Israel (OCS), o Programa de Água e Sustentabilidade Nacional (Newtech Israel), a Agência para a Cooperação para o Desenvolvimento Internacional (Mashav), Companhia de Tecnologia de Transferência da Universidade Hebraica de Jerusalém (Yissum), o maior programa de reciclagem de água no País e a planta de tratamento de água, além das principais empresas que fazem irrigação por gotejamento em Israel.
 
Por três dias, o foco da viagem será os sistemas de prevenção a perda da água. No País, quase 80% da água é tratada e reutilizada. Os pernambucanos conhecerão a Autoridade da Água Israelense, a Empresa Nacional da Água em Israel (Mekorot), a Companhia de Água de Jerusalém e as tecnologias contra a perda de água, além de projetos de empresas que desenvolvem soluções para reutilização do recurso.
 
ProRural
 
O ProRural é um Programa de apoio ao desenvolvimento rural sustentável de Pernambuco, vinculado à Secretaria Executiva de Tecnologia Rural e Programas Especiais da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária. O ProRural tem como missão coordenar, implementar e apoiar políticas de desenvolvimento rural sustentável, voltadas para a melhoria da qualidade de vida das comunidades rurais de Pernambuco.
 
O programa atua em 180 municípios das 12 Regiões de Desenvolvimento do Estado e atende aos produtores de base familiar, especialmente das áreas rurais, incluindo os grupos específicos: quilombolas, indígenas, jovens e mulheres.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.