9 de janeiro de 2014 às 08:04h

Trapalhada do PT, no ataque a Eduardo Campos, gerou até nota oficial do PSDB em defesa do socialista

psdb
 
Em meio à troca de farpas entre PT e PSB no Facebook, após as duras críticas que o PT postou em seu perfil oficial do Facebook sobre o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), o mais novo aliado político do partido socialista, o PSDB, saiu em defesa do pré-candidato à Presidência da República.
 
A nota publicada no Facebook, nesta quarta-feira (8), assinada pela Executiva Nacional do PSDB, diz que a postura do PT “confirma a incapacidade do partido de conviver com adversários e ideias que se contrapõem ao atual projeto de poder.”
 
Leia a íntegra da nota
 
PSDB solidariza-se com Eduardo Campos e Marina Silva
 
O PSDB manifesta solidariedade ao presidente nacional do PSB, governador Eduardo Campos, e à ex-senadora Marina Silva por mais essa flagrante demonstração de intolerância do Partido dos Trabalhadores em relação aos seus opositores, o que confirma a incapacidade do partido de conviver com adversários e ideias que se contrapõem ao atual projeto de poder.
 
Agora na oposição, o governador de Pernambuco e a líder do Rede-Sustentabilidade experimentam a face covarde e autoritária do ativismo petista, da qual outros líderes das oposições têm sido vítimas contumazes, nas redes sociais: ataques organizados, quase sempre encobertos pelo anonimato de uma suposta militância dedicada a destruir reputações, e que atua como um exército especializado em tentar transformar mentira em verdade e calúnia em informação.
 
Os brasileiros e a democracia brasileira reclamam um novo ambiente político, onde as divergências sejam respeitadas e as artimanhas de intolerância montadas para constranger adversários e impedir o debate democrático sejam desarmadas.
 
Executiva Nacional do PSDB
Brasília, 08 de janeiro de 2014

 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.