5 de Janeiro de 2017 às 09:14h

Uma responsabilidade a mais para Raquel Lyra


 
Raquel Lyra assumiu a Prefeitura de Caruaru com a certeza de que tinha muitos desafios a serem enfrentados. O planejamento está sendo feito. Esta semana, os secretários foram orientados a não dar entrevistas enquanto um diagnóstico completo das secretarias não fosse concluído.  
 
Estão todos imersos em números e resoluções.
 
Mas há um desafio que Raquel Lyra vai enfrentar, além da segurança, saúde e educação: o desafio de ser base de um grupo político com força estadual.
 
O PSDB, escolha de última hora de Raquel, e do ex-governador João Lyra, para disputar o cargo na maior cidade do interior do Estado, conta com pai e filha para voos maiores. O DEM também apoiou a chapa e quer o mesmo.
 
O ministro das Cidades Bruno Araújo e o da Educação Mendonça Filho já demonstraram que estão dispostos a ajudar a prefeita, mas pretendem utilizar a plataforma para 2018.
 
Fala-se nas duas vagas para o Senado, ou em uma disputa para o Governo do Estado.
 
A parceria de João Lyra com Eduardo Campos sempre seguiu por caminhos tortuosos. A parceria de João Lyra com José Queiroz sempre foi algo que viajava entre o necessário e o caos.
 
Como será a parceria entre Raquel e o bloco PSDB/DEM?
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.