17 de dezembro de 2014 às 14:00h

Vereadores ainda não sabem em quem votar para presidente da Câmara

A situação da Câmara Municipal de Caruaru (PE) está há cada dia mais confusa. Com dois candidatos, Leonardo Chaves (PSD) para a reeleição e Gilberto de Dora (PSB), como oposição à Leonardo, os demais vereadores ainda não sabem em quem votar.
 
Nos bastidores, alguns alegam que há indisposição em votar em Leonardo porque a chapa dele seria composta com edis da oposição, entre eles o nome mais cotado é o de Louro do Juá. Já aqueles que não pretendem votar em Gilberto de Dora falam sobre as melhorias realizadas na Casa Jornalista José Carlos Florêncio no período de Chaves.
 
Nem mesmo toda a oposição está fechada com Chaves, há três candidatos para o cargo de primeiro secretário, como o próprio candidato falou para o Blog de Igor Maciel esta semana. Caso o escolhido seja Louro do Juá, dois colegas de bancadas prometem votar em Gilberto.
 
Por outro lado, com o afastamento dos cinco parlamentares que estavam atuando e estão sendo investigados pela Operação Ponto Final 1, há a possibilidade de Leonardo Chaves ter ganho cinco votos da bancada de oposição e que pretendiam votar em Gilberto.
 
Além de todos os problemas que a mudança de cadeiras provocará, nos corredores o presidente Leonardo Chaves informava que a eleição “não tem data para acontecer”. Regimentalmente o prazo para votação é o dia 20 de dezembro. Entretanto, há interpretações onde a eleição para a mesa pode ser convocada até o dia 31 de dezembro.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.