22 de janeiro de 2014 às 08:53h

Vereadores anulam votação do BRT, conforme recomendado pela justiça

foto
 
Não houve surpresa. Por unanimidade, os vereadores presentes na Casa Jornalista José Carlos Florêncio decidiram por anular a votação que aconteceu em dezembro e que autorizava a Prefeitura a contrair empréstimo no valor de R$ 250 milhões.
 
Mas a anulação não se deu por causa do alto valor. A decisão foi baseada em recomendação da justiça, que levantou a possibilidade de falta de transparência no resultado após a deflagração da Operação Ponto Final. Nela, dez vereadores foram presos, acusados de utilizar os cargos para obter vantagens financeiras.
 
Agora, existe a expectativa de que a matéria volte a ser apreciada, ainda este ano, para garantir a obra.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.