ÚLTIMAS POSTAGENS

Vereador comemora criação do “Espaço de Lazer Caruaru”

Categoria: Notícias | Postado em 17 de setembro de 2014 às 4:41 pm - Autor: Igor Maciel

A partir do próximo domingo (21), o “Espaço de Lazer Caruaru”, estará disponível para a população das 8h às 16h. O projeto atende a uma solicitação do vereador Marcelo Gomes (PSB) à Prefeitura de Caruaru, realizada através de requerimento de sua autoria, em maio deste ano
 
O espaço destinado às atividades esportivas e de lazer ao livre compreende trechos das avenidas Manoel de Freitas, Oswaldo Cruz e Agamenon Magalhães e funcionará aos domingos e feriados. As atividades ocuparão metade das vias e não irão interferir na mobilidade.
 
As ruas serão isoladas com cavaletes e cones, sendo proibido estacionar nestas vias durante o horário de funcionamento do projeto. A orientação para os motoristas que trafegam no sentido subúrbio-cidade é entrar à direita na Rua Professor José Leão, ao lado do estádio do Central e depois seguir pela Avenida Visconde de Inhaúma até a Avenida Rui Barbosa.
 
“Nossa preocupação é com a qualidade de via da população. Este espaço servirá para um momento de lazer e prática de atividades físicas. Ficando o espaço disponível para andar de bicicleta, patins, skates e até mesmo jogar bola”, frisou Marcelo.
 

Prefeito José Queiroz se reúne com marchantes para café da manhã no matadouro

Categoria: Notícias | Postado em 17 de setembro de 2014 às 3:41 pm - Autor: Igor Maciel

_MG_9213
 
Na manhã desta quarta-feira, 17, a prefeitura de Caruaru realizou um café da manhã no matadouro público para receber funcionários e marchantes. Estiveram presentes o prefeito José Queiroz, o secretário de Gestão e Serviços Públicos, Paulo Cassundé, o secretário de Infraestrutura Bruno Lagos, vereadores e os responsáveis pela execução da obra.
No decorrer do encontro, Paulo Cassundé ressaltou a importância da intervenção no matadouro, que há muito tempo não passava por melhorias. “É um grande prazer, depois de 80 dias de luta, poder comemorar a conclusão de uma obra de alta qualidade, onde há quase 40 anos não se reformava nada”.
 
O prefeito José Queiroz demonstrou total satisfação ao falar da reforma. “O investimento foi alto, mas não importa. O matadouro de Caruaru se tornou o melhor da região e o que interessa realmente é a satisfação em atender as necessidades dos trabalhadores. É importante também que haja dedicação e cuidado com o ambiente, pois devemos lembrar que o bom trabalho sempre é realizado em equipe”, finalizou.
 
Amanhã, o matadouro será reaberto para os testes finais e, na sexta-feira, 19, as atividades serão retomadas normalmente.
 

Caruaru começa a isolar ruas para atividades de lazer ao ar livre aos domingos e feriados

Categoria: Notícias | Postado em 17 de setembro de 2014 às 10:00 am - Autor: Igor Maciel

SONY DSC
 
O prefeito José Queiroz reuniu, na manhã desta terça, 16, o Grupo de Trabalho que está tratando da implantação das ruas de lazer no município. O nome do projeto será “Espaço de Lazer Caruaru” e terá início no próximo domingo, 21, das 8h às 16h. O objetivo é oferecer à população uma área para atividades esportivas e de lazer ao ar livre. “Essa iniciativa faz parte do planejamento de estimular uma cidade saudável e irá acontecer todos os domingos e feriados. Os moradores de Caruaru terão a opção de um novo um novo parque urbano”, explicou o prefeito.
 
O espaço destinado às atividades compreende trechos de três avenidas: Manoel de Freitas, Oswaldo Cruz e Agamenon Magalhães. As atividades ocuparão metade das vias e não irão interferir na mobilidade. Os motoristas que trafegam no sentido subúrbio-cidade terão a opção de entrar à direita na Rua Professor José Leão, ao lado do estádio do Central e depois seguir pela Avenida Visconde de Inhaúma até a Avenida Rui Barbosa. As ruas serão isoladas com cavaletes e cones e será proibido estacionar nelas durante o horário de funcionamento da ação.
 
Será permitida apenas a entrada de veículos de moradores que forem estacionar em garagens de suas casas. “Queremos deixar essas ruas livres para a população aproveitar para atividades como jogar bola, andar de bicicleta, patins, skates, enfim, curtir momentos de lazer”, explica o coordenado do projeto, Edmilson Augusto Filho, da diretoria de esportes do município.
 
O projeto será tocado pela URB (Empresa de Urbanização e Planejamento de Caruaru), Destra (Autarquia Municipal de Trânsito e Tranporte) e Diretoria de Esportes da Secretaria de Educação, em parceria com as secretarias de Participação Social, Políticas Sociais, Fundação de Cultura, Saúde, Administração, Serviços Urbanos, Infraestrutrura e Comunicação.
 
Ainda esta semana, Destra e Secretaria de Participação Social irão informar aos moradores e comerciantes das ruas contempladas, através da distribuição de panfletos, sobre o início da ação. “Toda a população está convidada a participar. O nosso próximo passo será a implantação da Ciclofaixa de Lazer, também aos domingos e feriados”, disse o prefeito.
 

Leia o relato do debate de ontem entre os candidatos ao Governo do Estado. Armando e Paulo trocaram farpas

Categoria: Notícias | Postado em 17 de setembro de 2014 às 8:38 am - Autor: Igor Maciel

75f0d6b215049710aa2ad7da90133db2
 
Do NE10
 
A polarização entre os dois candidatos melhor colocados nas pesquisas de intenção de voto, Armando Monteiro Neto (PTB) e Paulo Câmara (PSB), foi mantida no primeiro debate televisivo entre os postulantes ao Governo de Pernambuco, realizado pela TV Jornal, na noite desta terça-feira (16). Os dois se atacaram durante o encontro e o petebista tentou usar o terceiro candidato, Zé Gomes (PSOL), para alfinetar o adversário, sem sucesso. Apesar da troca de farpas entre o petebista e o socialista, Zé Gomes, que aponta semelhanças nas propostas e campanhas entre Armando e Câmara, participou de forma incisiva dos cinco blocos. O debate foi acompanhado por 11 mil internautas simultaneamente pela web, através do NE10 e UOL.
 
O debate começou com os três candidatos, participantes por serem os únicos em Pernambuco cujos partidos têm representação na Câmara dos Deputados, respondendo por que querem ocupar o cargo que disputam. O socialista, usando uma gravata amarela, cor que representa o PSB, foi para o centro do estúdio, postura que adotou na maior parte das perguntas, para responder enfatizando a sua participação no governo do seu padrinho político Eduardo Campos (PSB), gestão da qual foi secretário da Fazenda, de Administração e de Turismo. Armando, de gravata azul, disse que o Estado deve continuar em crescimento econômico, porém com a melhoria das condições de vida. Zé Gomes, sem gravata e de camisa amarela, cor também do seu partido, defendeu uma “inversão de prioridades”.
 
Zé Gomes foi o primeiro a perguntar e tentou encurralar Paulo Câmara, questionando a relação entre a “nova política” defendida pelos socialistas e a presença de antigos governadores no palanque da Frente Popular, coligação de 21 partidos encabeçada pelo PSB. Câmara usou o tempo de resposta para enfatizar a sua participação no governo do seu padrinho político Eduardo Campos (PSB), gestão da qual foi secretário da Fazenda, de Administração e de Turismo. Assim, quis mostrar que pretende, se eleito, fazer um governo de continuidade. “(O palanque) tem a presença de todos os ex-governadores, pessoas comprometidas com o Estado”, respondeu ao adversário.
 
b16ac3559cf24980d435ceabc18e428c
 
Paulo Câmara questionou Armando como ele pretende, na prática, aumentar o salário dos professores – petebista defende o aumento real de 20% no próximo ano. “Olha, Paulo, você, como candidato, se tornou muito generoso (o postulante pretende dobrar o salário dos docentes e implementar um piso de R$ 4 mil para os que ensinam nas escolas de referência e de ensino integral), mas como secretário, que teve papel protagonista no governo, foi muito perverso”, retrucou Armando. No fim deste ano, o professor de nível superior terá um aumento de 15,54%, chegando a receber R$ 1.901. O Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) denuncia que o Estado paga o pior piso do Brasil.
 
Restou a Armando perguntar ao candidato do PSOL. O petebista tentou usá-lo para atacar Paulo Câmara, retomando um assunto que vem sendo usado ao longo da campanha: os incentivos fiscais concedidos à Bandeirantes Pneus, empresa que tentou comprar o avião usado na campanha de Eduardo Campos (PSB), que morreu há um mês, vítima de um acidente aéreo. Porém, o tiro saiu pela culatra. Zé Gomes reclamou, por exemplo, que ambos usam doações de empresas como empreiteiras na campanha.
 
43eb0d3900e8c086bd09cc368d48e1ba
 
O segundo bloco começou com direito de resposta concedido a Paulo Câmara devido à acusação de Armando que ele teria se beneficiado também com o avião usado pelo PSB. O socialista se defendeu dizendo que a acusação é infundada e que a Justiça Eleitoral já se posicionou sobre o caso, proibindo a retomada do assunto no guia eleitoral do PTB.
 
Logo depois começou a série de perguntas da população, com comentários dos adversários – o que permitiu a continuidade dos ataques. O primeiro a responder foi Paulo Câmara, sobre como preparar as cidades para os investimentos, voltando a ressaltar a gestão de Eduardo Campos à frente do Palácio do Campo das Princesas, frisando os recursos para os municípios. Armando alfinetou em relação às consequências socioambientais da implantação do polo automotivo de Goiana, na Zona da Mata Norte: “O governo do Estado tem sido omisso.” Na réplica, o socialista voltou a relembrar a gestão Eduardo.
 
Armando respondeu a pergunta sobre segurança pública, reconhecendo os avanços na redução das taxas de homicídio com o Pacto Pela Vida, mas voltando a afirmar que “o pacto precisa ser repactuado”. O petebista citou que outros índices precisam ser utilizados. “Nós temos que enfrentar isso aumentando os efetivos, criando centros de cidadania no interior, levando as delegacias especializadas”, propôs.
 
O questionamento para Zé Gomes parece ter sido feito para ele: foi sobre a abertura das planilhas de contas das empresas concessionárias do transporte coletivo no Grande Recife, uma das suas propostas. O candidato do PSOL atacou a gestão de não ser transparente. O comentário foi de Paulo Câmara, que afirmou que o transporte público tem que ser priorizado, com obras como os corredores exclusivos para ônibus, mas não citou o assunto indagado.
 
41d50ae3bfd1e8b588299a828411a246
 
Em seguida, no terceiro bloco, os candidatos responderam perguntas de jornalistas do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC). O primeiro foi Paulo Câmara, questionado por Antônio Martins Neto, da TV Jornal, sobre a situação das unidades da Universidade de Pernambuco (UPE) no interior – sem condições de estudar, os estudantes de Garanhuns, no Agreste, precisaram entrar com uma ação civil pública no Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por exemplo. O candidato exaltou a melhora no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do ensino médio, já que hoje o Estado está em quarto lugar, e disse que o ensino superior será prioridade, porém não apresentou propostas pragmáticas.
 
A editora do NE10 Inês Calado perguntou justamente sobre a praticidade das propostas de Zé Gomes, como a desmilitarização da Polícia Militar (PM). O candidato respondeu que todas as promessas são reais e defendeu uma reforma política. “O que precisamos é de uma mudança política que não permita que coligações se unam sem base programática e roubem todo o tempo de televisão”, apontou. Essa ideia foi aproveitada para questionar a aliança em Pernambuco com o Partido da Mobilização Nacional (PMN), que apoia Aécio Neves (PSDB) nacionalmente, se seria apenas para tentar conquistar uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) – o PMN tem um deputado estadual.
 
Armando foi indagado por Gilvandro Filho, editor de política do Jornal do Commercio, sobre a sua vida empresarial atualmente. A resposta foi relembrando as empresas da sua família, de tradição na indústria açucareira, mas disse se dedicar à vida pública há mais de quinze anos – o petebista foi deputado federal por três mandatos e está licenciado do Senado para se dedicar à campanha.
 
O quarto bloco teve mais perguntas entre os candidatos – e ataques. Usando as críticas que recebe de Armando por não ter trajetória eleitoral, Câmara questionou a Armando se isso vale mais que experiência de gestão pública. O petebista retrucou falando com o adversário, em tom quase didático, que ele não tem papel de liderança. “Eu acho que você, daqui a alguns anos, se continuar perseverando, quem sabe, chegará a condições de postular. Você foi ungido, Paulo”, afirmou. “Você está bem ensaiado, vai pra frente, vai pra trás, mas não responde as perguntas. Você fala muito de Eduardo, que é uma figura que todos nós respeitamos, mas você tem que fazer propostas”, acrescentou.
 
Paulo Câmara não deixou barato: “Você nunca administrou nada na gestão pública e o que administrou na gestão privada, Armando, não deu certo.”
 
“Você e Armando gostam de botar muito gosto ruim nas coisas que nós fizemos”, disse o socialista na sua tréplica a Zé Gomes. O candidato foi indagado pelo postulante do PSOL sobre a mobilidade no Estado, principalmente na Região Metropolitana do Recife. “Será que é gosto ruim da população ou é uma sensação ruim?”, retrucou Armando no bloco seguinte, o último. “Ninguém aqui se interessa em colocar gosto ruim, mas nós temos que dar respostas nas áreas de saúde, de educação”, acrescentou.
 
O quinto bloco foi, da mesma forma que o segundo, de perguntas da população. A primeira foi sobre o turismo, direcionada a Zé Gomes, que afirmou que os artistas locais precisam ser valorizados nos eventos. Pela primeira vez sem sair de trás da bancada, Paulo Câmara propôs melhoria na infraestrutura e qualificação profissional para quem atua no setor. Na réplica, Zé Gomes criticou o adversário, afirmando que ele não responde as perguntas, acusando o Governo de Pernambuco de ser o principal agressor das belezas naturais do Estado com o Porto de Suape.
 
Questionado sobre a situação da saúde, o socialista voltou a ressaltar o trabalho feito na gestão socialista e prometeu construir quatro novos hospitais, reformar dois e implantar mais seis Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) Especialidades. O comentário foi de Armando, que alfinetou o tempo de espera para exames na rede pública e ausência de médicos em algumas unidades.
 
Armando Monteiro foi o último, em resposta sobre o transporte coletivo. O petebista propôs a substituição dos trens do metrô e a ampliação dos corredores exclusivos para ônibus. Zé Gomes, responsável pelo comentário, fez a proposta de reorganizar o Consórcio Grande Recife, sob a perspectiva do usuário. Na tréplica, o petebista disse que as soluções são complexas e a tarifa deve ser equilibrada, de forma que incentive os investimentos no setor.
 
“Meus sonhos são os sonhos de Eduardo, são os sonhos de cada pernambucano”, disse Paulo Câmara nas considerações finais, citando o padrinho político mais uma vez – foram mais de 15 ao longo do debate. Armando afirmou que a política é um exercício de esperança. Zé Gomes voltou a dizer que os dois candidatos têm posicionamentos convergentes, fechando o debate.
 

Pior que está assim mesmo…

Categoria: Notícias | Postado em 17 de setembro de 2014 às 8:30 am - Autor: Igor Maciel

chargemiguel-580x580
 

Dilma cai, Aécio sobe. Veja a nova pesquisa Ibope

Categoria: Notícias | Postado em 17 de setembro de 2014 às 8:28 am - Autor: Igor Maciel

000_Mvd6633373-580x385
 
Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (16) mostra que a presidente Dilma Rousseff (PT) lidera a corrida eleitoral com 36% das intenções de voto. A ex-senadora Marina Silva (PSB) está em segundo lugar, com 30%. O senador Aécio Neves (PSDB) aparece em terceiro, com 19%.
 
Na pesquisa CNI/Ibope divulgada na última sexta-feira (12), Dilma estava com 39%, contra 31% de Marina e 15% de Aécio. Ou seja, em uma semana, a petista caiu três pontos percentuais; Marina oscilou um ponto para baixo, dentro da margem de erro; e Aécio subiu quatro pontos.
 
No levantamento divulgado hoje, o Pastor Everaldo Pereira (PSC) tem 1%. Os outros candidatos não pontuaram. A proporção de eleitores dispostos a votar em branco ou nulo somam 7%, e os indecisos são 6%.
 
Contratada pela “TV Globo” e pelo jornal “O Estado de S.Paulo”, a pesquisa tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos.
 
O Ibope entrevistou 3.010 eleitores entre o último sábado (13) e hoje. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-00657/2014.
 
O instituto apresentou hoje três simulações de segundo turno. Marina e Dilma estão em empate técnico, já que a ex-senadora aparece com 43% e a petista tem 40%, com 11% de brancos e nulos e 6% de indecisos.
 
No cenário com Dilma e Aécio, a presidente possui 44%, contra 37% do tucano, com 12% de brancos e nulos e 6% de indecisos.
 
No terceiro cenário, Marina vence Aécio por 48% a 30%, com 15% de brancos e nulos e 8% de indecisos.
 
Rejeição e avaliação
 
Dilma permanece como a candidata mais rejeitada, de acordo com o Ibope. A proporção dos eleitores que dizem não votar na presidente de jeito nenhum é de 32%. A taxa de rejeiçãode Marina é de 14%, e a de Aécio é de 19%.
 
O instituto também mediu a avaliação do governo Dilma. A parcela de eleitores que avaliam a gestão da petista como ótima ou boa representa oscilou de 38% na última semana para 37%. Os que consideram a administração regular se mantiveram em 33%. A proporção dos que entendem que o governo é ruim ou péssimo permaneceu em 28%.
 

Matadouro de Caruaru será reaberto na sexta (19)

Categoria: Notícias | Postado em 16 de setembro de 2014 às 4:21 pm - Autor: Igor Maciel

O Ministério do Trabalho realizou, na manhã de hoje, 16, uma vistoria final no Matadouro Público Pedro de Souza e identificou que a estrutura está em perfeitas condições e apta a ter o funcionamento retomado.
 
Na quinta, 18, será realizado um teste geral no maquinário e instalações, e a previsão é que já na sexta, os marchantes possam voltar a trabalhar. “Estamos muito felizes. O matadouro passou um período fechado, mas o resultado é o melhor possível. Fizemos intervenções em diversos setores e conseguimos praticamente reconstruir o matadouro. Os marchantes terão um lugar seguro para exercer suas funções”, comemorou o secretário de Gestão e Serviços Públicos, Paulo Cassundé.
 
Foram realizadas intervenções na entrada, no setor de abate, na área de refrigeração, box de atordoamento, nas galerias, tubulações de água, eletricidade, equipamentos como a caldeira, entre outros. De acordo com o engenheiro de segurança Jaílson Barros, que esteve à frente dos trabalhos, o matadouro de Caruaru virou modelo para o Estado. “Com a obra concluída, o matadouro passou a ter a melhor estrutura e segurança em Pernambuco.
 
Francisco Reginaldo, delegado do Ministério Público do Trabalho, disse que “entre tantas cidades que visitamos no interior, Caruaru será modelo para a região”.
 

Leis sancionadas por João Lyra na mira do Tribunal de Contas

Categoria: Notícias | Postado em 16 de setembro de 2014 às 10:00 am - Autor: Igor Maciel

.

.


 
Do JC
 
Quatro leis recentemente sancionadas pelo governador João Lyra Neto (PSB) ensejaram um questionamento da Associação de Auditores de Pernambuco junto ao Tribunal de Contas (TCE). O grupo protocolou, semana passada, uma representação para investigar o “reenquadramento” de 646 servidores do Governo do Estado. As matérias beneficiam funcionários estaduais cedidos ou à disposição de quatro órgãos estaduais: Agência Reguladora de Pernambuco (Arpe), Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Procuradoria Geral do Estado e Fundação de Aposentadorias e Pensões de Pernambuco (FUNAPE). Amanhã, o pleno do TCE define quem será o relator do caso.
 
As leis produzem casos curiosos: professor vira analista em gestão previdenciária, assistente de trânsito vira assistente em gestão previdenciária, jornalista vira analista administrativo suplementar de procuradoria, agente de polícia vira analista suplementar de regulação e fiscalização de serviços públicos. Isto é, uma pessoa fez concurso para profissão “x” e, de uma hora para outra, passa a ocupar permanentemente função “y”, sem que tenha participado por uma seleção pública para tal fim. Pensadas ainda na gestão do ex-governador Eduardo Campos, as leis complementares de número 274 e 275 são de 30 de abril; as 283 e 284 de 6 de junho.
 
Além de criar novos quadros permanentes, as leis criam os respectivos Planos de Cargos, Carreiras e Vencimentos para as funções instituídas. Sendo assim, os servidores, antes cedidos e, por isso, ocupando função de forma temporária, ganham o status de definitivo, incorporam as gratificações aos salários e tem, portanto, o direito de se aposentar com a nova remuneração. Exemplo: um professor da Rede Estadual de Ensino ganha, no mínimo, R$ 1.698 por 40 horas trabalhadas semanalmente. Esse professor, cedido à PGE como analista administrativo suplementar de procuradoria, passou, por lei, a receber um valor-base de R$4.696,95, que pode chegar a R$6.156,76.
 
Após aguardar e não receber qualquer explicação sobre o caso, o presidente da Associação de Auditores de Pernambuco, Antônio Gomes, decidiu provocar o TCE para que o órgão investigue se existe inconstitucionalidade. “Essa solução de natureza administrativa é, no mínimo, questionável. Pois como pode uma pessoa ter feito concurso para uma função e, por uma transposição, ocupar outra? O concurso público é sempre o caminho mais adequado, pois garante a isonomia. Se havia a necessidade de criar cargos, por que não fazer concurso? Abrir para todo e qualquer cidadão? Algum temor?”, critica.
 
O auditor evita classificar a “solução administrativa” de “trem da alegria”, expressão usadas quando políticos criam leis para facilitar o acúmulo de algum beneficio ou para empregar parentes, amigos ou aliados. “Não vamos falar ainda de trem da alegria. Pois existe toda uma análise jurídica”, pontua o presidente.
 

SJCC: tudo pronto para o debate entre candidatos ao governo de Pernambuco

Categoria: Notícias | Postado em 16 de setembro de 2014 às 9:30 am - Autor: Igor Maciel

Último ensaio para o debate que acontece nesta terça (16)

Último ensaio para o debate que acontece nesta terça (16)


 
Armando Monteiro (PTB), Paulo Câmara (PSB) e Zé Gomes (PSOL), principais postulantes ao governo de Pernambuco, apresentam suas propostas nesta terça-feira (16), a partir das 22h15, no primeiro debate entre os candidatos exibido pela televisão. A realização do encontro é de responsabilidade dos veículos do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação. A seleção dos candidatos para o evento político está baseada na representação dos mesmos na Câmara dos Deputados.
 
O debate será exibido ao vivo pela TV Jornal no Recife e em Caruaru. O NE10, além de mostrar o programa, fará uma análise em tempo real sobre a participação de cada candidato, tudo apresentado em página integrada com as redes sociais: @portalne10 no Instagram e no Twitter; e o perfil do portal no Facebook. Durante os intervalos, informaremos sobre o termômetro da participação dos internautas na TV e na web. As rádios Jornal e JC News, nas faixas 780 AM e 90.3 FM, respectivamente, transmitem na íntegra o encontro a partir de 1h.
 
Para o gerente de Jornalismo da TV Jornal, Washington Luiz, o tradicional debate é uma chance para que os telespectadores possam definir o voto a partir das propostas deles. “O objetivo é fazer com que o candidato apresente o programa de governo”, afirmou.
 
Cada candidato terá até 30 segundos para responder por que quer ser governador do Estado, pergunta feita pela mediadora, Graça Araújo, para abrir o debate. Tanto no primeiro quanto no quarto bloco os questionamentos são feitos entre os próprios candidatos – cada um terá 30 segundos para a pergunta, dois minutos para a resposta e réplica e tréplica de um minuto. O primeiro candidato a perguntar será escolhido por sorteio.
 
O segundo e o quinto blocos serão destinados às perguntas dos telespectadores, com temas como saúde, mobilidade, educação e segurança, previamente escolhidas pela produção do programa. As indagações estão sendo gravadas nas ruas. A ordem dos candidatos e dos questionamentos será definida por sorteio.
 
Os jornalistas do SJCC Inês Calado (NE10), Gilvandro Filho (Jornal do Commercio) e Antônio Martins Neto (TV Jornal e JC News) farão as perguntas no terceiro bloco. Cada questionamento terá 30 segundos, com dois minutos para as respostas, 30 segundos para o complemento da pergunta e mais um minuto para que o candidato possa responder. Ao final, Armando Monteiro, Paulo Câmara e Zé Gomes terão um minuto para as considerações finais.
 

A lógica absurda

Categoria: Notícias | Postado em 16 de setembro de 2014 às 8:06 am - Autor: Igor Maciel

As estradas federais em Pernambuco tem policiamento escasso e a PRF não tem nenhum plano de patrulhamento, visível, para dias de maior movimentação financeira, como o da feira da Sulanca, em Caruaru.
 
Este é o dia em que os veículos viajam abarrotados de mercadorias e que os milhares de ocupantes desses carros chegam abarrotados de dinheiro. Não porque eles são ricos, mas porque juntam para fazer compras nas cidades do polo têxtil. E é assim que sustentam as próprias famílias: comprando e vendendo.
 
Quando eles estão na estrada, aquele dinheiro é resultado de anos de trabalho. É, muitas vezes, todo o capital de giro dessas pessoas.
 
O dinheiro que eles trazem nos bolsos movimenta a economia da região e ajuda a sustentar outras milhares de famílias que dependem da comercialização na Feira da Sulanca.
 
Mas, toda segunda-feira, por falta de policiamento, os ocupantes dos veículos são assaltados. E aí, todo mundo perde. Vendedores, compradores e até os policiais terminam prejudicados.
 
Menos os bandidos.
 
Qual a moral, absurda, dessa história?
 
“Vale mais a pena ser bandido do que ser trabalhador no Brasil”.
 
Depois da eleição, arrumo as malas e viajo. Sem dinheiro, pra não ser assaltado no caminho.
 
E vou morar no guia eleitoral.
 

Em Caruaru, governador acompanha procissão em homenagem à Nossa Senhora das Dores

Categoria: Notícias | Postado em 16 de setembro de 2014 às 7:44 am - Autor: Igor Maciel

C15099
 
O governador João Lyra Neto se somou a milhares de fiéis que participaram, nesta segunda-feira (15/09), da procissão em homenagem à Nossa Senhora das Dores, padroeira da Diocese e do município de Caruaru, no Agreste pernambucano. A ocasião também marcou a comemoração pelos 166 anos da Paróquia dedicada à Santa e os 66 anos da Diocese. Da concentração em frente a Catedral, no Centro, o governador seguiu por 2,6 quilômetros, numa caminhada de emoção e fé pelas principais ruas da cidade.
 
Natural de Caruaru, o governador João Lyra Neto afirmou, ao final da procissão, que o evento traz muitas e boas recordações dos anos em que participou da celebração de fé. “Participei como prefeito duas vezes. Hoje, como governador, e sempre que estou aqui em Caruaru, participo dessa solenidade”, afirmou Lyra Neto. O chefe do Executivo estadual também elogiou a demonstração de “fé e religiosidade” dos fiéis. “Pelas ruas que nós percorremos hoje, vimos muita adesão e solidariedade. A procissão foi recebida com muita festa e fé cristã pela Igreja Católica”, destacou.
 
A festa da padroeira, que este ano teve como tema “Mãe das Dores, mostra-nos o caminho do serviço e do encontro”, teve início no dia 6 de setembro. Durante todo o período, foram realizadas missas e visitas a famílias, hospitais, escolas e instituições de serviço para lembrar a data. “Hoje precisamos de muitas pessoas que saibam imitar Jesus e Maria no serviço aos irmãos na caridade e na solidariedade. Não podemos viver brigando. No mundo já tem muita violência e guerra, nós queremos a paz e a fraternidade”, disse Dom Bernardino Marchió, bispo da Diocese de Caruaru.
 

Página 1 de 15612345...102030...Última »