ÚLTIMAS POSTAGENS

Prefeitura de Caruaru muda Dia do Servidor para sexta-feira 31

Categoria: Notícias | Postado em 22 de outubro de 2014 às 3:44 pm - Autor: Igor Maciel

A Prefeitura de Caruaru definiu por igualar o feriado do Dia do Servidor Público à mesma data que foi escolhida pelo Governo Estadual.
 
O Dia do Servidor, que é comemorado no dia 28 de outubro e este ano cairá em uma terça-feira, foi transferido para a sexta-feira (31). Assim, evita a descontinuidade dos serviços públicos e permite ao servidor melhor aproveitar o feriado. Os servidores de natureza essencial seguem em escala de plantão.
 

Feiras de bairro serão antecipadas por causa da eleição

Categoria: Notícias | Postado em 22 de outubro de 2014 às 3:32 pm - Autor: Igor Maciel

Mediante a realização do 2º turno das eleições, as feiras de bairro que são realizadas aos domingos, excepcionalmente no dia 26, não acontecerão. Os moradores dos bairros do Salgado e Cohabs I e II, São João da Escócia, Rendeiras e Rosanópolis poderão fazer suas compras no sábado, 25, das 6h às 12h. A feira do bairro São Francisco será realizada normalmente, nesta sexta, 24.
 

Psiquiatra é preso suspeito de usar hipnose para abusar de pacientes no interior de PE

Categoria: Notícias | Postado em 22 de outubro de 2014 às 8:05 am - Autor: Igor Maciel

Do NE10
 
Um psiquiatra foi preso suspeito de abusar sexualmente de pacientes nessa terça-feira (21) em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. De acordo com informações da Polícia Militar, Lindemberg Izaque, de 73 anos, usava técnicas de hipnose e remédios sedativos para praticar os crimes na clínica onde trabalhava no bairro Heliópolis. Ele era investigada pela polícia desde 2008, quando houve a primeira denúncia.
 
Ainda segundo a polícia, a prisão ocorreu após a expedição de um mandado de prisão pela 1ª Vara Criminal do município. De acordo com o delegado Edmilson Batista, responsável pela prisão, a medida preventiva tenta evitar novos abusos por parte do psiquiatra. Pelo menos três mulheres teria denunciado abusos ao Ministério Público. Ele foi encaminhado para a delegacia e em seguida, levado para a Cadeia Pública de Garanhuns.
 

Nas redes sociais, militantes e políticos que apoiam Dilma pagaram mico comemorando foto de evento na Venezuela como se fosse em Pernambuco. Veja

Categoria: Notícias | Postado em 22 de outubro de 2014 às 7:58 am - Autor: Igor Maciel

Do Blog de Jamildo
 
A foto de uma manifestação de Hugo Chavez, na Venezuela, acabou servindo para que políticos e militantes Dilmistas comemorassem a “Onda Vermelha” em Goiana. No momento em que a foto foi postada, Lula e Dilma estavam em Pernambuco, participando de um evento.
 
O vice prefeito do Recife, Luciano Siqueira, a vereadora socialista Marília Arraes e o senador Humberto Costa, do PT, replicaram foto de comício de Hugo Chávez na Venezuela dizendo ser do ato de Dilma. Foi preciso que a militante Karina Buhr alertasse para o “equívoco” nesta terça-feira (21).
 
luciano
 
humbert
 

Em nova pesquisa Datafolha, Dilma e Aécio continuam empatados

Categoria: Notícias | Postado em 22 de outubro de 2014 às 7:47 am - Autor: Igor Maciel

dilmaecio-580x429
 
Do Blog de Jamildo
 
Pesquisa Datafolha divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo nesta quarta-feira, 22, mostra a candidata Dilma Rousseff (PT) numericamente à frente do candidato do PSDB, Aécio Neves, mas em situação de empate técnico. Em votos válidos, Dilma manteve os 52% do levantamento divulgado na segunda-feira, 20, e Aécio, 48%.
 
Em votos totais, Dilma oscilou de 46% para 47% e Aécio manteve 43%. Brancos e nulos oscilaram de 5% para 6% e indecisos foram de 6% para 4%.
 
A pesquisa mostra também que 82% dos eleitores de Dilma acreditam que ela será reeleita no domingo. No grupo dos que votam em Aécio, 78% acham que o vencedor do pleito será ele.
 
A pesquisa Datafolha, contratada pelo jornal Folha de S. Paulo, ouviu 4.355 eleitores nesta terça-feira, 21, em 256 municípios de todo o País. A margem de erro é de dois pontos porcentuais e o nível de confiança, de 95%.
 
Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro prevista. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-01160/2014.
 

AETPC participa de Fórum e lembra aniversário do Leva

Categoria: Notícias | Postado em 22 de outubro de 2014 às 7:42 am - Autor: Igor Maciel

2-1
 
A Associação das Empresas de Transportes de Passageiros de Caruaru – AETPC participou durante toda esta terça (21) do I Fórum Regional de Transportes em Caruaru, promovido pela Destra. O evento reuniu empresários do setor, lojistas, autoridades locais e representantes da sociedade civil, e teve como tema central “Transporte Público de Qualidade”.
 
Na oportunidade foram apresentadas informações sobre o sistema de transporte no município, o uso do vale-transporte, a mobilidade, bilhetagem eletrônica entre outros. O Fórum foi composto por palestras de consultores do transporte público que trouxeram a realidade do sistema em outras cidades como Campina Grande e Curitiba.
 
“A Avaliação que fazemos é que estamos no rumo certo e aguardamos essa infraestrutura para avançarmos ainda mais no sistema de transporte em Caruaru. A realização desse Fórum é um passo positivo para a cidade no que se trata das discussões de mobilidade, pois é possível, através de técnicos, melhorar o debate com experiências de outras cidades. Parabenizamos a todos os envolvidos nesse trabalho”, afirmou o diretor institucional da AETPC, Ricardo Henrique.
 
Após o encerramento do Fórum, a AETPC registrou o aniversário de um ano da implantação do cartão Leva em Caruaru, que será comemorado em novembro.
 

Democratização da mídia será tema de debate na Unifavip

Categoria: Notícias | Postado em 21 de outubro de 2014 às 3:57 pm - Autor: Igor Maciel

Do Vanguarda
 
No dia 27 de outubro, a democratização da mídia vai entrar em debate com os alunos do Unifavip/DeVry, através do Colóquio de Participação Digital. O evento ocorrerá no auditório da universidade, às 19h, e já tem as presenças confirmadas de Ivan Moraes Filho, que faz parte do Instituto Luiz Freire; dos jornalistas e blogueiros caruaruenses Igor Maciel e Wagner Gil; e do professor de comunicação, Tenaflae Lordêlo. A atividade é uma realização da Secretaria de Participação Social, da Prefeitura de Caruaru, através da Gerência de Participação Digital.
 
O objetivo do debate é trazer para o âmbito acadêmico discussões sobre ampliar o acesso a novas formas de produzir e compartilhar informação.
 
O gerente da Secretaria de Participação Social, Daniel Finizola, falou com o Jornal VANGUARDA. “Promover debates sobre a democratização da mídia é de extrema importância para fortalecer valores democráticos, assegurando a pluralidade de ideias e opiniões nos meios de comunicação”, afirmou. “Nossa finalidade é debater e encontrar caminhos que ajudem a entender melhor a mídia, seus avanços e sua importância no desenvolvimento social de uma cidade, de um Estado e do país de forma geral”, completou Finizola.
 
“Todos estarão à disposição dos alunos para um bate-papo sobre como ampliar formas de fazer comunicação na região do Agreste”, informou Johnny Pequeno, que faz parte da equipe de comunicação da Secretaria de Participação Social.
 
Os participantes também falaram do encontro. “Acho importante levarmos esse debate para os universitários. Como já passamos pela academia, teremos a oportunidade de levar experiência e falar da mídia de forma geral”, comentou Wagner Gil, que é repórter do Jornal VANGUARDA. “Caruaru possui hoje um curso de jornalismo que tem reconhecimento e destaque. Esses alunos que estudam comunicação aqui na cidade são também de outros municípios e esse debate acaba refletindo nas mídias e veículos da região”, acrescentou Gil.
 
“É muito importante debater com os estudantes. O encontro será excelente para a mídia e seu desenvolvimento”, afirmou Igor Maciel, que, além de blogueiro, é apresentador de TV.
 

Na Rádio Jornal, em entrevista exclusiva, Lula ataca Aécio e fala sobre derrota com Armando em PE

Categoria: Notícias | Postado em 20 de outubro de 2014 às 11:50 am - Autor: Igor Maciel

lula-e-dilma-624x422
 
Da Rádio Jornal
 
Nesta segunda-feira (20), o ex-presidente Lula conversou com o comunicador da Rádio Jornal, Geraldo Freire, sobre os rumos da campanha eleitoral. Eles lembraram conversas anteriores e não fugiram dos temas polêmicos das eleições 2014.
 
Tanto Lula e quanto a presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff, visitam Pernambuco nesta terça-feira (21). No roteiro das duas lideranças estão as cidades de Goiana, na Zona da Mata Norte, e o Recife.
 
DISPUTA ELEITORAL
 
“Eu não tenho coragem de assistir aos debates. Ex-presidente assistindo debate é como jogador de futebol vendo cobrança de pênaltis”
 
“A diferença entre nós e os adverários é que o nosso governo é voltado para o povo”
 
“Aécio vem falar em farmácia popular, mas passaram 12 anos em Minas Gerais e não fizeram uma”
 
REELEIÇÃO
 
“Acho esse tema da reeleição como um tema menor. Não há nenhum país desenvolvido no mundo que só tenha um mandato. Um mandato de 4 anos hoje não permite que nenhum presidente faça um mandato estruturante”
 
“A reeleição é boa porque é a aprovação ou não de quem não está no governo. Eu tinha 87% de bom ou ótimo e me recusei de disputar um terceiro mandato porque respeito a democracia. Dois mandatos de 4 anos é o suficiente”
 
“Eu não posso pensar na eleição de 2018 agora. Quando chegar em 2018 eu terei 72 anos. Eu acredito que o Brasil terá quadros novos. Acho que já cumpri minha missão. Mas eu só posso dizer que não, porque eu não sei como será o contexto político daqui a 4 anos”
 
REFORMA POLÍTICA
 
“Eu sou a favor de uma Assembleia Constituinte exclusiva para se debater a reforma política. Não é possível um país com mais de 30 partidos, com partidos laranjas para se vender na eleição”
 
GOVERNOS ADVERSÁRIOS
 
“Nós demos uma demonstração de uma forma republicana de governar. Se o governador tem uma boa relação, melhor, mas se não tem a gente não rejeita. A gente governa é para a população”
 
GOVERNO FEDERAL E O NORDESTE
 
“Nós não queremos tirar nada de ninguém. Queremos recuperar o Nordeste de tudo que tiraram dele no século XX”
 
“Quando conseguimos a fábrica da Fiat para Goiana, o Aécio fez um declaração polêmica criticando”
 
“É por isso que eu tenho a certeza que a companheira Dilma jamais vai negar algum recurso para as regiões Nordeste e Norte desse País”
 
ELEIÇÕES EM PERNAMBUCO
 
“Eu acho o Armando Monteiro uma pessoa com a capacidade de dar um salto de qualidade em Pernambuco. Mas acontece (a derrota), é o momento político”
 
“Temos que considerar a eleição de Pernambuco uma coisa atípica. Era um contexto de comoção muito forte e acho que não aconteceira em uma condição normal”
 
“É muito importante que o povo nordestino não perca as conquistas que a gente conseguiu. A coisa que mais me dá orgulho é levar universidades no Nordeste. Pra gente colocar os nordestinos nas páginas dos jornais como sinônimo de desenvolvimento. O povo nordestino não deve nada para mim, nem para a Dilma. Nós é que devemos a eles”
 
“Eu lembro quando Arraes governava o estado, como ele foi tratado e como Jarbas foi tratado no meu governo”
 
“O problema dos tucanos é que eles não sabem sair do Sul/Sudeste, não sabem governar para o Nordeste”
 
MENTIRAS E BOATOS
 
“Não me incomodo com as mentiras nas redes sociais, assim como piadas. Acho que a internet está revolucionando esse país, mas ela tem que ser trabalhada com muita responsabilidade”
 
“A internet desperta um demônio de quem quer falar maldade, contar mentira. Ele se tranca e fala a bobagem que quiser”
 

TSE suspende propagandas de Aécio e Dilma da TV

Categoria: Notícias | Postado em 20 de outubro de 2014 às 8:29 am - Autor: Igor Maciel

dilmaecio-580x429
 
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu na noite de sábado retirar trechos das campanhas da presidente e candidata à reeleição do PT, Dilma Rousseff, e do candidato do PSDB, Aécio Neves. No caso da propaganda petista, o tribunal determinou a suspensão do trecho em que a campanha cita a recusa de Aécio em fazer o teste do bafômetro, durante uma blitz da polícia do Rio de Janeiro. O TSE também acatou o pedido de Aécio, que acusou o PT de atacar sua honra ao insinuar que ele tenha recusado o bafômetro por estar embriagado. No caso da propaganda do tucano, a suspensão é de trechos em que o irmão de Dilma, Igor Rousseff, é citado por ter sido contratado pelo ex-prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (eleito governador de Minas Gerais), para um cargo público, sem jamais ter aparecido para trabalhar.
 
Os dois casos – tanto da blitz de Aécio quanto da contratação de Igor – foram usados pela troca de ataques entre Aécio e Dilma no último debate presidencial, exibido pelo SBT na última terça-feira.
 
​A suspensão da campanha petista foi decidida pelo ministro Tarcísio Vieira de Carvalho Neto, do TSE, que afirmou que o horário eleitoral deve ser usado para a apresentação de ideias e propostas e não para ataques pessoais. Segundo Vieira, os horários gratuitos de rádio e televisão são “holofotes (que) devem estar direcionados para o candidato e para as suas ideias, não para pirotecnia ou artifícios técnicos que produzam imagens artificiais e enganosas”. A campanha petista também foi proibida de veicular trecho de propaganda afirmando que o PSDB recebeu dinheiro do esquema de desvios da Petrobras para partidos coordenado pelo ex-diretor da estatal, Paulo Roberto Costa. O programa de Dilma também não poderá questionar “onde estão os corruptos do metrô de São Paulo”.
 
Já a decisão de retirar do ar trechos da propaganda de Aécio foi tomada pelo ministro Admar Gonzaga, também no sábado à noite. A propaganda dizia que Igor Rousseff “foi nomeado pelo prefeito Fernando Pimentel, no dia 20 de setembro de 2003, e nunca apareceu para trabalhar”. A defesa de Dilma apresentou na ação declarações do ex-prefeito Fernando Pimentel, eleito governador de Minas Gerais no primeiro turno, segundo o qual o irmão da presidente trabalhava de forma regular.
 
Na representação ao TSE, a coligação de Dilma afirmou que Aécio Neves utilizou trechos editados do debate realizado pelo SBT, na quinta-feira, “com a nítida intenção de degradar a imagem, a honra e a dignidade da candidata, caluniando Dilma Rousseff, que à época da nomeação de seu irmão na prefeitura de Belo Horizonte nem sequer era presidente da República”.
 

Candidatos distantes, debate morno e menos ataques pessoais

Categoria: Notícias | Postado em 20 de outubro de 2014 às 8:27 am - Autor: Igor Maciel

debate-record-IVA-2283-size-598
 
A distância que a TV Record determinou entre as bancadas de Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) no penúltimo debate na televisão antes das urnas, na noite deste domingo, era tudo o que os dois candidatos à Presidência da República queriam. A uma semana da eleição, Aécio e Dilma travaram um debate morno e sem surpresas, repisando frases ensaiadas e repetidas à exaustão nas propagandas eleitorais na TV. Não houve pancadaria. Mais: os comandos das duas campanhas avaliaram que o tenso embate no SBT, na última quinta-feira, marcado por ataques pessoais, causou estragos.
 
O duelo deste domingo não tirou nenhum dos candidatos do sério. O script foi o mesmo: Aécio lembrou a profusão de escândalos na Petrobras, e Dilma respondeu dizendo que o PSDB planejava vender a Petrobras quando governou o país. Aécio apontou a inflação crescente, e Dilma disse que os “pessimistas” não reconhecem as conquistas sociais dos doze anos de governo do PT.
 
A petista até ensaiou ataques, por exemplo, sugerindo que um eventual governo tucano reduziria o papel dos bancos públicos – Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. Aécio reclamou do terrorismo eleitoral: “Quero me dirigir aos funcionários do Banco do Brasil, da Caixa Federal, eles sim estão sofrendo com o terrorismo da propaganda. No nosso governo não haverá senhores Pizzolatos à frente do Banco do Brasil”, disse, em alusão a Henrique Pizzolato, ex-diretor do Banco do Brasil que ficou famoso pela fuga hollywoodiana após ser condenado no julgamento do mensalão.
 
Ao falar da inflação, o tucano sacou uma carta nova: citou o Chile como exemplo de país vizinho cuja economia cresce mais do que a brasileira. “O Chile consegue crescer bem mais do que o Brasil, controlando sua inflação. Onde está o erro, candidata?”, cutucou. Dilma, por sua vez, resgatou o discurso do desemprego: “Para ter 3% de inflação, o senhor vai triplicar o desemprego, que vai para 15%, e o senhor vai elevar a taxa de juros, como já fizeram antes, esse é o receituário”.
 
Petrobras – A temperatura quase subiu quando a Petrobras foi o tema. Aécio questionou a petista sobre a revelação de que o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, foi um dos beneficiários do esquema montado para desviar recursos da estatal para políticos e partidos. “A senhora reconhece agora que houve desvios na Petrobras. O tesoureiro do seu partido, João Vacari Neto, continuará também como membro do conselho de administração de Itaipu. A senhora confia nele, candidata?”, disse. A petista rebateu dizendo que o delator do esquema de desvios, Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras, apontou o ex-presidente do PSDB, Sérgio Guerra, como beneficiário. “O senhor confia em todos aqueles que segundo as mesmas fontes que acusam o Vaccari dizem que o seu partido, o presidente dele, que lamentavelmente está morto, recebeu recursos para acabar com a CPI?”, questionou. Último a falar, o tucano devolveu: “Se na Petrobras, onde ele não tinha acesso formal, dois terços da propina eram transferidos para ele, fico imaginando em Itaipu, onde ele tem um crachá e assina documentos, o que pode estar acontecendo lá”. Mas parou aí. Na campanha mais acirrada do país desde a redemocratização, nem Dilma nem Aécio quiseram arriscar. O próximo – e derradeiro confronto – será na sexta-feira, antevéspera das eleições, na TV Globo.
 

FHC afasta escândalos de sua gestão na Presidência, alvo dos ataques do PT

Categoria: Notícias | Postado em 20 de outubro de 2014 às 8:22 am - Autor: Igor Maciel

FHC
 
Após a publicação da coluna de Elio Gaspari deste domingo (19), que rememorava escândalos noticiados durante seu governo, o ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso enviou carta à Folha com resposta a pontos levantados pelo colunista. Leia a seguir a íntegra da resposta de FHC ao texto de Gaspari, publicado nos jornais Folha de S.Paulo e O Globo:
”A propósito do esclarecedor artigo de Elio Gaspari ‘Todos soltos, todos soltos até hoje’, que começa a desfazer o slogan de escândalos do PSDB, desejo esclarecer:
 
a) Quanto ao caso Sivam, não só que a contratação da Raytheon se deu no governo Itamar, como que ao governo nunca foi atribuído haver participado de malfeitos. A ‘prensa’ para que o processo andasse se referia à aprovação do mesmo pelo Senado, posto que o relator do caso demorava em se pronunciar. Houve inquérito, o servidor mostrou inocência (havia sido afastado das funções por mim) e, posteriormente, foi muito justamente nomeado embaixador na Colômbia pelo presidente Lula.
 
b) A ‘pasta rosa’, como dito no artigo, se refere a supostos recursos de campanha destinados, antes de meu governo, a candidatos parlamentares de vários partidos; o inquérito, no caso, competia à Justiça Eleitoral e a legislação nas eleições até 1994 era diferente da atual, não sendo fácil, de serem verdadeiras as suposições, tipificar os atos como crimes eleitorais.
 
c) Quanto à alegada compra de votos para a reeleição, além dos acusados não serem do PSDB e terem sido objeto de inquérito no Congresso que os levou à renúncia, quanto à insinuação vaga de que teria havido envolvimento de um ministro no processo de suborno, o ministro aludido foi espontaneamente à Comissão de Justiça da Câmara e rechaçou as aleivosias. Nunca houve acusação formal ao ministro, que eu saiba.
 
d) No que se refere ao chamado ‘mensal?o mineiro’, ainda ‘sub judice’, minha opinião, independentemente de endossar as acusações, foi, desde o início, de que deveria haver apuração e julgamento. Diga-se que, quando surgiu o caso, eu não era mais presidente.
 
e) Por fim, não existe um ‘cartel do PSDB’ de São Paulo na compra dos trens ou do metrô. Segundo o relatório técnico do Cade, há acusação a empresas que formaram cartel para operar tanto em obras federais como estaduais. Provavelmente houve suborno de funcionários desses dois níveis de governo, mas não há acusação a partidos.
 
Ficarei grato se esta carta for publicada para assim complementar as informações do jornalista Elio Gaspari.
 
Cordialmente,
 
Fernando Henrique Cardoso”
 

Dia do funcionário público é transferido para o dia 31 de outubro em Pernambuco

Categoria: Notícias | Postado em 17 de outubro de 2014 às 5:31 pm - Autor: Igor Maciel

Por determinação do governador João Lyra Neto, o ponto facultativo do dia 28 de outubro, em que se comemora o Dia do Funcionário Público, foi transferido para 31 de outubro. Nesta nova data, será considerado ponto facultativo nas repartições públicas e entidades da administração direta e indireta, com exceção dos serviços cujo funcionamento seja indispensável, a juízo do chefe do respectivo órgão.
 

Página 1 de 16912345...102030...Última »